Somos definidamente masculinos e femininos à nascença? Ou a nossa identidade constrói-se em função de estereótipos acerca daquilo que é ser feminino e masculino? Segundo a filósofa norte-americana Judith Butler, somos formatados a adoptar determinados comportamentos conforme o que socialmente é esperado de nós enquanto parte de um determinado género. Mas a verdade é que a classificação em função de feminino versus masculino é mais complexo do que parece. Para ver a animação da Wisecrack e reflectir sobre o assunto:

Anúncios