Solstício de inverno é um fenómeno astronómico usado para marcar o início do inverno. Ocorre normalmente por volta do dia 21 de Junho no hemisfério sul e 22 de Dezembro no hemisfério norte.
O solstício de inverno ocorre quando o Sol atinge a maior distância angular em relação ao plano que passa pela linha do equador. Embora sua data não seja a mesma em todos os anos, pode-se dizer que ocorre normalmente por volta do dia 22 de Dezembro no hemisfério norte e 21 de Junho no hemisfério sul. Esse momento não é fixo no calendário gregoriano em função do ano tropical da Terra não ser um múltiplo exato de dias.

Com a introdução do cristianismo no Império Romano houve, por parte da Igreja Católica, uma tentativa de cristianizar os festivais “pagãos”. Há indícios de que a data de 25 de Dezembro foi escolhida para representar o nascimento de Jesus Cristo já no século IV. Há evidência bíblica de que Jesus não teria nascido durante o inverno, pois, no momento do nascimento, pastores estavam cuidando de seus rebanhos nas vigílias da noite, e o período do solstício, visto como o renascimento do Sol, carrega forte representatividade. Além disso, conseguiu aproveitar a popularidade das festividades da época.

Os povos da Europa pré-cristã, chamados pelos católicos de pagãos, tinham grande ligação com esta data. Segundo alguns, monumentos como Stonehenge eram construídos de forma a estarem orientados para o pôr do sol do solstício de inverno e nascer do sol no solstício de verão.

Fonte: wikipedia.
http://pt.wikipedia.org/wiki/Solst%C3%ADcio_de_inverno

O inverno começa no domingo no hemisfério norte, um momento de celebrações ao longo da história ao qual se associou o Natal, e chega às 23:03, numa fria noite, ainda que celebre o sol.
O solstício de inverno assinala também o dia mais curto do ano e a partir do qual os dias começam gradualmente a ser maiores. Será um domingo com sol de pouca dura, nascendo às 07:51 e pondo-se às 17:19. Uma semana depois, já se põe quatro minutos mais tarde.

Desde a antiguidade que se celebra o solstício, estando o Natal relacionado com a cristianização dessa festa tradicional, que simbolizava o renascimento, o reinício, o sol e o momento em que a luz vencia a escuridão, porque a partir daí os dias iam voltar a ser maiores.

Na história não faltam referências ao solstício de inverno, uma data importante na Roma antiga ou na Europa pré-cristã, nem cerimónias para o assinalar ainda hoje, da China aos países da América do Sul. Em Portugal, uma tradição que ainda se mantém na zona de Bragança, dos caretos ou “festa dos rapazes”, é uma festa do solstício de inverno.

As festas pagãs que tradicionalmente se faziam para comemorar o solstício de inverno e honrar o sol terão, a partir do século IV, sido associadas ao Natal, uma festa cristã que assinala o nascimento de Jesus.

Com o Natal a aproximar-se, é o inverno que chega e que vai ficar por 89 dias, até ao próximo equinócio, da primavera. Chegará a 20 de Março, às 22:45, numa noite tão grande como o dia.

Fonte: http://www.ionline.pt/artigos/portugal/solsticio-inverno-chega-domingo-numa-noite-fria/pag/-1

Anúncios