Pesquisar

detritus toxicus

Curadoria de conteúdos

Mês

Março 2013

O garoto – Charlot (1921)

Para saber mais:

Charles Chaplin
http://pt.wikipedia.org/wiki/Charlie_Chaplin
http://www.charliechaplin.com/
http://pt.wikipedia.org/wiki/Filmografia_de_Charles_Chaplin

O filme:
http://pt.wikipedia.org/wiki/The_Kid

Cinema mudo:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Filme_mudo

O garoto – Charlot (1921)

Para saber mais:

Charles Chaplin
http://pt.wikipedia.org/wiki/Charlie_Chaplin
http://www.charliechaplin.com/
http://pt.wikipedia.org/wiki/Filmografia_de_Charles_Chaplin

O filme:
http://pt.wikipedia.org/wiki/The_Kid

Cinema mudo:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Filme_mudo

Viagem à Lua, Georges Meliès (1902)

Para saber mais:

O filme: http://pt.wikipedia.org/wiki/Viagem_%C3%A0_Lua

Georges Méliès: http://pt.wikipedia.org/wiki/Georges_M%C3%A9li%C3%A8s

Aurélio Paz dos reis, Saída do Pessoal Operário da Fábrica Confiança

Sobre Aurélio Paz dos Reis:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Aur%C3%A9lio_paz_dos_reis

Irmãos Lumière: as primeiras filmagens

Os irmãos Lumière: https://pt.wikipedia.org/wiki/Irm%C3%A3os_Lumi%C3%A8re

Instituto Lumière: http://www.institut-lumiere.org/ 

Viagem à Lua, Georges Meliès (1902)

Para saber mais:

O filme: http://pt.wikipedia.org/wiki/Viagem_%C3%A0_Lua

Georges Méliès: http://pt.wikipedia.org/wiki/Georges_M%C3%A9li%C3%A8s

Aurélio Paz dos reis, Saída do Pessoal Operário da Fábrica Confiança

Sobre Aurélio Paz dos Reis:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Aur%C3%A9lio_paz_dos_reis

Irmãos Lumière: as primeiras filmagens

Os irmãos Lumière: https://pt.wikipedia.org/wiki/Irm%C3%A3os_Lumi%C3%A8re

Instituto Lumière: http://www.institut-lumiere.org/ 

Quando vier a Primavera

http://www.rtp.pt/play/p670/e51127/um-poema-por-semana

Quando vier a Primavera,
Se eu já estiver morto,
As flores florirão da mesma maneira
E as árvores não serão menos verdes que na Primavera passada.
A realidade não precisa de mim.

Sinto uma alegria enorme
Ao pensar que a minha morte não tem importância nenhuma

Se soubesse que amanhã morria
E a Primavera era depois de amanhã,
Morreria contente, porque ela era depois de amanhã.
Se esse é o seu tempo, quando havia ela de vir senão no seu tempo?
Gosto que tudo seja real e que tudo esteja certo;
E gosto porque assim seria, mesmo que eu não gostasse.
Por isso, se morrer agora, morro contente,
Porque tudo é real e tudo está certo. Podem rezar latim sobre o meu caixão, se quiserem.
Se quiserem, podem dançar e cantar à roda dele.
Não tenho preferências para quando já não puder ter preferências.
O que for, quando for, é que será o que é.
Alberto Caeiro

Create a free website or blog at WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: