O post é do Ramiro Marques. Eu, que ando a dizer isto há anos e a apanhar bordoada de toda a gente por pensar que as coisas são o que são, gosto de ler outra pessoa, que não eu a  afirmar o óbvio.
Para memória futura, cá fica a transcrição:



Anúncios