Processo interpessoal, pelo qual indivíduos em contacto modificam temporariamente os seus comportamentos uns face aos outros, por uma estimulação recíproca contínua. A interacção social é o modo comportamental fundamental num grupo. Conceito fundamental da psicologia soviética, que A. N. Léontiev definiu como uma rede de actividades geradas pelo grupo em que o indivíduo se desenvolve e se organiza; os seres humanos constituíram-se e funcionam em grupos, os seus comportamentos desenrolam-se em situações colectivas, visam objectos que têm uma significação social e são orientados pelos usos do grupo. Do ponto de vista interno, a consciência de si mesmo e a construção das funções psíquicas superiores são estreitamente dependentes da história das relações do indivíduo com a sua sociedade. A pertença a uma comunidade de interpretação das unidades de representação permite a compreensão e a antecipação das actividades de outrem; permite igualmente a modificação do seu próprio comportamento, tendo em consideração o ponto de vista do outro. A utilização da linguagem constitui ao mesmo tempo o reflexo e o principal instrumento da interacção social.
]. Dolz
Anúncios