A adolescência é geralmente considerada como um período de saúde, dada a menor vulnerabilidade dos jovens à doença. No entanto, a adolescência é também um período crítico na cronologia da saúde. Muitas das escolhas com impacto na saúde, e que perduram por longo tempo, são feitas neste período de vida. Dentro destas escolhas encontra-se, por exemplo, o consumo de substâncias que está frequentemente associado a vários sintomas de mal-estar, quer no presente, quer no futuro. Com o objectivo de conhecer os factores aliados ao consumo de substâncias desenvolveu-se um modelo explicativo deste tipo de comportamento. Os dados utilizados na análise deste modelo fazem parte do estudo da Organização Mundial de Saúde, integrado na Rede Europeia “Health Behaviours in School-aged Children (HBSC/OMS)”, realizado em Portugal Continental pela equipa do Projecto Aventura Social da Faculdade de Motricidade Humana (n=12881). Os resultados mostraram que o consumo de substâncias é determinado por vários factores, sendo que os factores de ordem social parecem ser mediados por factores de ordem pessoal.

Anúncios