Qualquer execução musical, qualquer acto de ouvir música, é um exercício heróico contra as depredações do tempo, uma tentativa não apenas de aprender com o passado, mas também de o tornar novamente real.
Paul Griffiths, História Concisa da Música Ocidental
Anúncios