Pesquisar

detritus toxicus

Curadoria de conteúdos

Mês

Maio 2009

Cristo encontrado num pacote de Cheetos

Um casal norte-americano do Texas, Dan e Sara Bell, viu Jesus num pacote de snacks de queijo.

Num dia normal, em que se deslocaram a uma estação de serviço como normalmente fazem Dan e Sara Bell compraram um pacote de Cheetos. Abriram-no e começaram a comer os aperitivos. Foi nesse momento que viram o Messias.

“Oh meu Deus olha para isto! Parece mesmo Jesus”, recorda Sara.

O casal baptizou o aperitivo de queijo de “Cheesus” e agora está a pensar vendê-lo no site de leilões eBay.

“Se só conseguirmos 25 cêntimos preferimos comê-lo”, contam. Por enquanto, o “Cheesus” está guardado numa caixa de plástico.

Anúncios

Gyorgy Ligeti, Ricercata 2

Uma peça em três notas:

Ou melhor, quatro: a 1´56´está lá um Lá. [O comentário sobre esse Lá encontra-se no Youtube e confirma-se na audição].

O curioso nesta peça é a forma como os ouvintes reagem. Se uns, tendo-a ouvido em “Eyes Wide Shut” (De olhos bem fechados), a consideram incomodativa – ou seja, rceonhecem que estes simples sons provocam uma alteração emocional, eventalmente digna de registo fisiológico à boa maneira de Wilhelm Wundt – , outros consideram-na uma total imbecilidade, pela invariância das três (quatro) notas.

Transmitir ou provocar uma emoção é suficiente para declarar que algo é arte?

Pré-história da Música

No início, era a voz. E os ossos, os troncos, as peles e as pedras. No início eram as mãos e os pés, o ruído e o ritmo. Assim começou a música: um osso a quem foi retirada a medula e onde se abrem orifícios é uma primeira flauta rudimentar, tal como com um pedaço de madeira se faz um tambor. O corpo humano é um manancial incrível de sons e até a pulsação parece obedecer à oscilação da cabeça da esquerda para a direita.

Em Divjer Babe, actual Eslovénia, terá sido inventada a primeira flauta: um osso com orifícios inexplicáveis. O mesmo terá acontecido noutros sítios, como Geissenklosterle, sudeste da Alemanha. 
As gravuras rupestres mostram frequentemente humanos a cantar, tocar, dançar. Mas o primeiro instrumento musical não terá sido uma flauta: é mais provável que tenha sido o próprio corpo humano, que 
permite fazer vocalizações e produzir sons por percussão. Flautas e xilofones terão surgido há menos de 40000 anos, ainda que as escalas e harmonias tenham surgido apenas nos últimos 5000 anos: ao tocar uma melodia, o músico deve ter sentido necessidade de encontrar uma “boa forma” para acabar, ou seja, uma tónica, uma nota fundamental que estruturasse a melodia.

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: